Escola Estadual de Formação de Militantes de Base da PJR-Paraíba

A Pastoral da Juventude Rural da Paraíba PJR-PB, realizou entre os dias 24, 25 e 26, A Escola Estadual de Formação de Militantes de Base da PJR-PB, ocorreu em Cabaceiras-PB. A Escola tem como finalidade a organização da Juventude do campo, contou com a presença de jovens de diversos municípios e comunidades. A PJR-PB esteve se desafiando na construção de um segunda turma, com jovens que estão conhecendo a PJR nesses três dias, a juventude mostrou-se  inquieta com os acontecimentos na conjuntura. 

A programação da escola contou com um passeio no lajedo salambaia com finalidade dos jovens conhecerem os geoparque e também mostra as riquezas que existe nos lajedos do seus próprios municípios e comunidades onde podem fazer turismo e conhecer suas riquezas. E também com uma análise de conjuntura, com os companheiros Arthur Nóbrega do Levante Popular da Juventude da Paraíba e o Deputado Federal Luiz Couto que visaram trazer a realidade que nosso Brasil está e os desafios da juventude do campo e da cidade. E um diálogo intereligioso  com Válber Campelo do Centro de Estudos Bíblicos o CEBI  onde os jovens mostram seus questionamentos sobre as religiões e dialogaram sobre isso.  

PJR: Mística, Luta e Resistência.

Anúncios

IV Encontro de Cultura e Expressão Juvenil António Gomes

Ocorreu entre os dias 18 à 19 de Novembro o IV Encontro de Cultura e Expressão Juvenil António Gomes foi realizado no Distrito de São José da Mata-PB.

IV Encontro homenageou o militante António Gomes que foi um jovem de São José da Mata que fez a diferença em suas ações em defender o direitos das juventudes e articulação e na formação da Juventude e especificamente a do seu Distrito São José da Mata onde viveu, com isso foi um dos fudadores da Associação de Juventudes Cultura e Cidadania a AJURCC que vem desde 2004 com a missão a defesa de direitos das juventudes, mulheres, população negra, os  povos tradicionais e camponeses e a população LGBT. O António Gomes (O Tonhio ) como era conhecido ele vinha em uma luta contra um Câncer e faleceu em Agosto de 2017, mesmo sabendo que estava doente não deixou a sua luta pelo coletivo foi forte até o fim e contribuiu na formação de uma sociedade melhor e na formação da juventude da cidade e do campo.

O pauta estava cheia de debates importantes para as juventudes como as Ações Transformadoras das Juventudes na atual Conjuntura que contou com os relatos de Experiências e vida das juventudes do Campo da Cidade e da Periferia. O militante (Diones Lopes) que faz parte da Coordenação Estadual da PJR-PB expôs suas experiências como foi o processo de se reconhecer jovem do campo e as dificuldades da Juventude do campo nesse processo de permanecer no campo, onde a PJR-PB mostrou a ele que é possível a juventude sobreviver no campo como exemplo ele falou sobre os Grupos de Produção e Resistência os GPRs  da PJR que dão o apoio a jovem e mostra como ele pode viver no campo sem precisar mora na cidade para trabalha que pode sobrevive da terra que tantos nos dá. E também com várias apresentações culturais no palco António Gomes que foram Maracagrande, Eloisa do Coco, Projeto Casa da Música Carlos Perê, Coqueiro Alto e entre outras atrações. O IV Encontro contou com o apoio da Casa Pequeno Davi, Rede de Educação Cidadão, ACAJAMAN-PB, CENTRAC, Pastoral da Juventude Rural PJR Paraíba e as Irmãs Dominicanas e contou com a participação de vários Movimentos Populares. 

    “António Gomes, Presente! Presente! Presente!” 

 

 

 

 

A Juventude na V Assembleia Nacional da Consulta Popular Zilda Xavier

Aconteceu entre os dias 13 e 17 de Novembro a V Assembleia Nacional da Consulta Popular Zilda Xavier em  Fortaleza-CE  e contou com a participa de diversos movimentos populares do campo e da cidade e com mais de 800 delegados de diversas partes do Brasil. A assembleia homenageou a companheira Zilda Xavier que, juntamente com Marighella, militou contra a ditadura civil militar na Ação Libertadora Nacional.

Estudo Bíblico é Realizado na Paraíba entre a PJR-PB e CEBI-PB com a Juventude Camponesa

“Tudo aconteceu num certo dia

Hora de Ave Maria 

O Universo viu gerar

No princípio, o verbo se fez fogo

Nem Atlas tinha o Globo

Mas tinha nome o lugar

Era Terra.”

 

A Pastoral da Juventude Rural da Paraíba PJR, esteve participando no dia 29 de Outubro no Centro de Ação Cultural CENTRAC em Campina Grande-PB, em uma Roda de Conversa com o Centro de Estudo Bíblico da Paraíba CEBI-PB, onde tiveram dialogando sobre a origem do mundo e suas cosmovisões nas três visões das religiões Cristã, Africana e Indígena, o debate juntou o CEBI e os jovens da PJR-PB, onde as duas organizações estiveram se articulando para garantirem o momento de extrema importância para nossa conjuntura nos dias atuais.

O debate teve como visão essas três religiões onde os facilitadores exploram suas visões que despertaram um belo debate,  na formação da juventude da PJR-PB, com isso deram mais saberes  para estarem dialogando em outros espaços, com isso sai a proposta de um Escola de Estudo Bíblico com a juventude do campo, juntamente com o CEBI e poderem esta fortalecendo suas bases nos debates e nas formações da Juventude camponesa.

“O militante (Inacimar Nascimento) que faz parte da PJR-PB e mora em comunidade que está nos processo de reconhecimento como remanescente quilombola e estava presente na conversa diz o seguinte; Os momentos de hoje foram de extrema importância pra mim em minha  formação, como eu já tinha tinha visto a versão cristã e a Africana um pouco e com essa palestra de hoje me mostrou mais coisas novas que pode entender um pouco mais. A indigina foi uma coisa nova, para  mim e bem legal, uma visão que mostra nossa ligação com a mãe terra; como todas as outras que no início de tudo na existência do primeiro ser humano,  ele veio do barro da nossa mãe terra que tanto nos dá e tanto tiramos dela, sem ao menos olharmos para cuida mais dela e com isso nos leva a cuida mais dela a preservar como o cuidar de sua alma.”

Ocorreu 4° módulo da Escola Fé e Política em Campina Grande

A Pastoral da Juventude Rural PJR Paraíba, participou neste sábado 28 de Outubro de mais um módulo da Escola de Fé e Política que ocorreu na Casa da Criança em Campina Grande-PB, esse foi o 4° módulo da escola.

O Módulo que teve como pauta e veio trabalhando na sala de aula com o Tema Nordeste e a Igreja, onde abordou vários tipos de visões que a mídia deixa sobre o Nordeste e alguns estudiosos que deixam uma visão de sobrevivência e outros de que só existe a seca no Nordeste.

Para a militante da PJR-PB (Nathalia Sinésio) que é uma  jovem do campo na cidade Monteiro-PB,  que participou do  curso de fé e política diz; achei bem interessante o assunto trabalhado nessa formação; O ver e o enchergar, além do que é mostrado na nossa atualidade , a relação entre o Nordeste e Igreja que se constroem ao longo da história e nossa conjuntura atual que muitos ver mais não agir, mas vão se construindo e começando a se impor diante das vertentes que nos rodeam.

 

“O Ver, Julgar e Agir”

Foi realizado a II Etapa do Curso Questão Agrária Nordeste

“A mística e a formação envolve os movimentos populare, em mais uma formação para soma na luta pelo direitos dos povos e o acesso a terra.”

Aconteceu no Centro de Formação Paulo Freire em Caruaru, entre os dias 22 e 28 Outubro de 2017, a II Etapa do Curso de Questão Agrária Nordeste. Contando com a participação de várias organizações o curso tem como intuito entender um pouco mais a questão agrária no mundo, principalmente na região nordeste do Brasil. Nessa segunda etapa foram destrinchados vários temas, dentre eles; o conceito de campesinato; conceitos e interpretações da reforma agrária e introdução à questão agrária brasileira com foco no Nordeste. 

A Pastoral da Juventude Rural PJR esteve representada por os seguintes, estados do Brasil Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe e Rio Grande do Norte.

I Seminário sobre o impacto do Parques Eólicos nas Comunidades Camponesas na Paraíba

O seminário ocorreu nos dias 13 e 14 de outubro no Centro Diocesano do Tambor em Campina Grande-PB, realizado pela Comissão Pastoral da Terra  – CPT de Campina Grande, o seminário contou com vários representantes de comunidades camponesas, quilombolas da Paraíba e a Pastoral da Juventude Rural PJR-PB. Os objetivos do encontro visaram refletir sobre os impactos que a eólica causa na vida do camponeses, nas comunidades e no meio ambiente, lembrando que são inúmeras  causas como a degradação, o tráfego de caminhões na comunidade que dificulta as crianças a estarem brincando na frente das casa. Continue reading “I Seminário sobre o impacto do Parques Eólicos nas Comunidades Camponesas na Paraíba”

Militantes da PJR participam de Encontro de Comunicadores Populares do Nordeste

Militantes da Pastoral da Juventude Rural-PJR participaram  nos dias 28 e 29 de Setembro no Centro de  Formação Paulo Freire em Caruaru-PE no ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO POPULAR DO NORDESTE, promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais – MST, Brasil de Fato e Centro Popular de Mídia. Representando a PJR estiveram jovens dos estados de Sergipe, Ceará, Pernambuco, Paraíba e Bahia, que se somaram a atividade na perspetiva  de construção e fortalecimento  da comunicação em suas bases, como também  partilharam suas experiências com outros comunicadores populares do Nordeste.

A PJR teve se somando nessa rede de articulação e mostrando o trabalho que vem desenvolvendo nacionalmente e nos estados na parte de comunicação e com desafios para o fortalecimento  da comunicação  nacional, a partir dessa formação com os comunicadores populares da mesma.

II Encontro da Juventude do Campo e da Cidade é realizado por militantes da PJR-PB.

O II Encontro da Juventude do Campo e da Cidade aconteceu no Distrito de Cacimbinha município São João do Tigre-PB, o encontro foi realizado por militantes da Pastoral da Juventude Rural da Paraíba  PJR-PB, que são três grupos de jovens existentes nas comunidades, sítios e no distrito.

O mesmo teve como objetivo de fortalecer suas bases e poderem se organizarem para poderem fazer trabalho de base em outros lugares do município e com isso estarem anunciando o Reino de Deus, outro ponto que o encontro abordou foi a valorização do semiárido e com isso poderem sobreviver na seca, que é um dos fatores que causa o êxodo rural dos Jovens do Campo, pois os mesmo com o tempo estão aprendendo a conviver com a seca.