Primeiro Acampamento das Juventudes do Campo e da Cidade acontece neste final de semana

SÃO MIGUEL DO OESTE > DESCANSO

FOTO III
Acampamento marca 13 anos de PJMP e 10 de PJR no Extremo-oeste Catarinense

A Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP) celebra neste ano de 2015, 13 anos de organização no Extremo-oeste Catarinense, junto a Pastoral da Juventude Rural (PJR), que completa 10 anos de história.

Para comemorar este marco na vida dessas duas pastorais, será realizado de 05 a 07 de setembro, em linha São Valentim, município de Descanso\SC, o Primeiro Acampamento das Juventudes do Campo e da Cidade.

Há quatro dias da atividade, a representante da PJR, Jociani Alves Pinheiro, fala sobre a importância deste acampamento para as juventudes e principalmente, para o processo de sociedade que está em construção nas pautas e lutas da PJMP e PJR. “As lutas construídas por estas pastorais junto a outras organizações nos renderam lágrimas, indignações, angústias, mas com certeza, nos proporcionaram alegrias na construção coletiva de nossas consciências. Podemos dizer que a PJR e a PJMP representam uma ‘partezinha’ de um coletivo maior que vem se somando na construção do Projeto Popular”.

Jociani explica que para a atividade, está programada a realização de assessorias, conversas, oficinas culturais e temáticas, místicas, além de noites culturais contando com a participação especial do músico Popular Pedro Munhoz e demais artistas do povo.

Com base no lema do Grito dos Excluídos\as: “Que país é esse que mata gente, que a mídia mente e nos consome”, Jociani reforça a presença da Jornalista Elaine Tavares, quem vem de Florianópolis para falar sobre o poder midiático no país. Elaine vem acompanhada do Estudante de Jornalismo, Rubens Lopes. “Será um momento de refletirmos sobre as mídias que ao longo dos anos vem dominando nossas vidas. A partir dessa discussão, precisamos construir junto com as juventudes novas formas de comunicar”, enfatiza.

Além do diálogo sobre a questão midiática, Jociani comenta que o coletivo também receberá de Chapecó, a educadora Ana Carolina Caridá, que vai fazer uma contextualização das lutas em que a juventude esteve envolvida ao longo da história do país. “É importante que a Juventude saiba a importância que tem para o processo de transformação da sociedade”, complementa.

O encerramento do encontro está programado para o dia07 de setembro, onde as juventudes devem participar da marcha do Grito dos Excluídos\as, no município de São Miguel do Oeste\SC. “Depois de muito estudo e comemoração, este será mais um momento importante para a nossa história. É onde nos colocamos em marcha pelas ruas levando nossas pautas e bandeiras. É também um espaço para mostrarmos que estamos nos reunindo para o despertar das massas que tanto sofrem com esse sistema opressor”, finaliza Jociani enfatizando ainda que são esperados jovens e demais lideranças de toda região Extremo-oeste Catarinense e de diferentes estados do Brasil.

Texto e Fotos: Claudia Weinman

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s